O Panóptico

Sobre

O Panóptico é um projeto do Centro de Estudo de Segurança e Cidadania – CESeC que monitora a adoção da tecnologia de reconhecimento facial pelas instituições de segurança pública do Brasil. Desde 2018, o CESeC tem acompanhado os efeitos do uso de reconhecimento facial pelas polícias, revelando que cerca de 90% das pessoas presas com o uso dessa tecnologia eram negras.

O projeto agora tem por foco revelar os casos de adoção nos estados e municípios brasileiros, além de apresentar o papel de governos e empresas no financiamento e na oferta dessa tecnologia. Todos os dados utilizados pela pesquisa serão disponibilizados para o público geral.

Além do monitoramento dos projetos, o Panóptico também tem por objetivo comunicar de maneira abrangente sobre os riscos do uso de reconhecimento facial e seus vieses para a população negra.

Pablo Nunes

Pablo Nunes

Doutor em Ciência Política e coordenador adjunto do CESeC, pesquisa desde 2018 a adoção de tecnologias de reconhecimento facial pelas polícias brasileiras.

Twitter

Mariah Rafaela Silva (Consultora)

Mariah Rafaela Silva (Consultora)

Pesquisadora, teórica e crítica da cultura com ênfase em produção de subjetividade, racismo, LGBTIfobia e periferias. Doutoranda em Comunicação, vem pensando os usos das novas tecnologias biométricas como ferramentas de exclusão

Twitter

Samuel Oliveira (Consultor)

Samuel Oliveira (Consultor)

Pesquisador e advogado na área direito e novas tecnologias, com ênfase em proteção de dados. Mestre em Direito e Inovação, atualmente é aluno de doutorado em Direito Constitucional.

Twitter

Bruno Sousa (Colaborador)

Bruno Sousa (Colaborador)

Jornalista e pesquisador com foco em raça e segurança pública. Atua como Coordenador de Comunicação no LabJaca e foi jornalista da Agência Narra do Observatório de Favelas e do The Intercept Brasil.

Twitter